A profunda dor gera vida, porque a semente tem, em si, a dor da mudança que irá gerar a flor, e posteriormente o fruto da maturidade. Mas há pessoas que se detêm mais no sofrimento da dor, do que na mudança da dor e por isso elas tornam-se em “cactos”. Um cacto é armado de espinhos, com a sua couraça protectora, reguladora e defensiva. Contudo, quando nasce a flor nesse cacto, ela denuncia que ainda há a sensibilidade de um coração quente, de quem ainda é capaz de desabrochar-se em flor, de se entregar. E quando isso acontece, eis que se fecunda o amor, o fruto. Qual é a maior entrega, senão a entrega total de si ao mundo, do seu fruto repleto da sua história de dores e amores?

Dezembro, 2017

Novo aqui?

Você pode gostar...
Anterior
Next
Page-K-Logo

Opss! Ainda não é KMK Insider?!

Opss! Ainda não é KMK Insider?!  TORNE-SE JÁ

Page-K-Logo

© 2021 MORE Institute GmbH
Política de Privacidade | Termos de Uso | Aviso Legal

Revista Humanistic Academy

COMO COMEÇAR A

LIDERAR

A SI MESMO?

Faça o download GRATUITO desta revista para aprender estratégias efetivas que lhe fornecerão a clareza e a confiança necessárias para que mudanças incríveis comecem a acontecer na sua vida.